Grupo Griff – 2018
26 de maio de 2018
TODOS

Dicas para melhores fotos

Direto ao ponto.

Vou falar hoje um pouco sobre fotografia, e de como realizar bons trabalhos com poucos recursos.

O primeiro item que devemos pensar antes de qualquer clique é “planejar”.

O que e como “planejar”.

Planejar engloba uma série de situações para que na hora do clique tudo siga de maneira organizada e pensada. Isso por si, já ajuda muito em relação ao trabalho a se realizar.

Planejamos diversas coisas e situações, como segue abaixo:

  • O que vai ser fotografado?
  • Qual é o objetivo da foto? Qual o tema a ser trabalhado?
  • Quais os cenários irão compor o fundo em relação ao objetivo da foto?
  • É colorido, monocromático?
  • Vai ser em ambiente externo ou interno?

Então, antes de clicar, programe-se, planeje, vá antes aos locais e faça simulações para verificar se o que foi pensado é realmente o ideal.

Certo de que foto é inspiração, mas quando se trata de uso comercial, além da inspiração é preciso planejar, para o que se deseja apresentar, apareça de fato.

Depois do planejamento, o que vem?

Agora vamos para as técnicas ou simplesmente dicas que melhoram seu desempenho.

Enquadramento:

Independente do sentido com o qual se fotografa, pense sempre no enquadramento, pense em margens laterais, como também superiores e inferiores.

Nem toda foto precisa necessariamente ter o objeto principal no centro, mas, devemos ter a exata noção das distâncias deste enquadramento, seja lateralmente no na vertical. O objeto bem enquadrado se destaca naturalmente dentro da cena.

Quem é o que na foto?

Parece óbvio, mas só parece.
Determinar quem é o elemento principal da foto é muito importante, tanto quanto o cenário de fundo desejado para a imagem. Assim, não são poucas as imagens que acabam por privilegiar mais o fundo do que o objetivo, tirando o foco do que realmente quer ser apresentado.

Então, ao clicar pense no que é objetivo de foto e no que é o fundo, que pertence a foto mas não é o principal, é o complemento.

Detalhando a foto – Luz e sombras.

É comum ficar encantado com a foto antes do seu clique, imaginando como será a cena depois de realizada, mas é nesta hora que precisamos aprimorar nosso olhar crítico para perceber as luzes e as sombras que compõe a imagem.

Assim, uma boa foto deixa de ser boa, quando por exemplo um rosto não ficou tão bom pois havia uma sombra sobre ele, ou uma luz que acabou por brilhar mais e assim distorceu a real cor de um objeto.

Se formos pensar nos elementos mais difíceis para se fotografar, como metais e vidros ainda teremos os mais diversos reflexos que acabaram por compor a imagem nem sempre da melhor forma.

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: